Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre a Migração interna no Brasil

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre Migração interna no Brasil e veja a resolução comentada.


Por Wagner de Cerqueria e Francisco
  • Questão 1

    Como é caracterizado o processo de migração? Destaque os principais motivos responsáveis por esse fenômeno no Brasil.

    ver resposta


  • Questão 2

    No território brasileiro, uma modalidade de migração muito comum é o êxodo rural. Caracterize esse processo e aponte as suas consequências.  

    ver resposta


  • Questão 3

    (UFF)

    Neste século, durante as décadas de 60 e 70, a migração interna no Brasil assumiu a direção campo-cidade. Entretanto, nas últimas décadas passou a ganhar destaque a migração cidade-campo, num movimento cotidiano que envolve milhares de trabalhadores.
    Tendo em vista as duas modalidades de migração apresentadas, explique:

    a) dois fatores que promoveram (e ainda promovem) a migração campo-cidade;


    b) como se realiza a migração cidade-campo.

    ver resposta


  • Questão 4

    O Sudeste brasileiro foi durante muitos anos a região brasileira que mais recebeu migrantes, no entanto, nas últimas décadas esse cenário mudou, atualmente a região Centro-Oeste é o principal destino para os fluxos migratórios. Essas regiões recebem migrantes de várias partes do Brasil. O complexo regional brasileiro que é a principal origem de emigrantes (que saem) é:

    a) Sudeste

    b) Centro-Oeste

    c) Norte

    d) Sul

    e) Nordeste
     

    ver resposta


  • Questão 5

    O êxodo rural é uma modalidade de migração muito comum no território brasileiro. No entanto, esse processo pode gerar uma série de problemas para os migrantes que não possuem qualificação profissional para se inserirem no mercado de trabalho. Nesse contexto, analise a seguinte tira: 

    ver resposta


  • Questão 6

    (FEI)

    Migrações pendulares são:

    a) movimentos da população rural em direção aos grandes centros urbanos.

    b) deslocamento maciço de populações urbanas em direção ao campo.

    c) movimentos ligados a atividades pastoris.

    d) movimentos diários de trabalhadores entre o local de residência e o local de trabalho.

    e) troca de imigrantes entre as grandes regiões.
     

    ver resposta


  • Questão 7

    (UNIFOR)

    A região que forneceu o maior contingente de colos-imigrantes para a ocupação da fronteira agrícola, no Mato Grosso, Rondônia e Acre, durante os anos 70 e 80, foi a:

    a) Norte

    b) Nordeste

    c) Centro-Oeste

    d) Sul

    e) Sudeste 
     

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    A migração consiste na mobilidade espacial da população. Esse processo pode ocorrer em escala global, nacional, regional, municipal ou até de domicílio. As correntes migratórias podem ser desencadeadas por fatores religiosos, econômicos, políticos, culturais, psicológicos e ambientais.

    No Brasil, o fator que exerce maior influência nos fluxos migratórios é o de ordem econômica. O modelo econômico capitalista cria áreas privilegiadas com maior dinamismo econômico, esse processo atrai pessoas em busca de emprego e melhores condições de vida. 
     

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    O êxodo rural se caracteriza pela migração da população rural com destino às cidades. Esse processo se intensificou no Brasil durante a década de 1950. O êxodo rural ocorre, principalmente, em razão do processo de mecanização das atividades rurais, que substitui a mão de obra nas atividades agrícolas. Além de reduzir a captação de trabalhadores, a modernização na agricultura expulsou os pequenos e médios produtores que não conseguiram atingir produtividade satisfatória, beneficiando os grandes latifundiários.
    Outro fator de fundamental importância para o desencadeamento de fluxos migratórios com destino às cidades (êxodo rural) é o poder de atração que as cidades industrializadas exercem na população rural, que emigram para os grandes centros urbanos em busca de emprego e melhor qualidade de vida.

    Entre as consequências do êxodo rural estão:

    - Inchaço das cidades;
    - Ocupação de espaços inadequados para a moradia (favela, cortiço);
    - Aumento do desemprego nas cidades;
    - Problemas socioeconômicos;
    - Desigualdade social. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    a) Entre os fatores responsáveis pelo êxodo rural, ou seja, migração campo-cidade estão:

    - O processo de mecanização das atividades agrícolas, sendo responsáveis pela redução de mão de obra no campo;

    - A intensa industrialização nas cidades, fato que atrai a população rural para esses centros urbanos em busca de emprego;

    - O modelo agrícola que exclui os trabalhadores rurais do acesso a terra, beneficiando os grandes latifundiários, havendo, portanto, a expulsão dos pequenos e médios produtores do campo.

    b) O movimento inverso ao êxodo rural se caracteriza através da captação de mão de obra de pessoas que residem em áreas urbanas, e são captadas para realizarem trabalhos temporários no campo (boias-frias).

     

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    a) Falso – A região Sudeste, em razão do desemprego, tem originado fluxos migratórios de retorno (imigrantes voltando para suas regiões de origem), no entanto, continua recebendo mais imigrantes que perdendo.

    b) Falso – Atualmente, é a região que recebe a maior quantidade e migrantes no Brasil.

    c) Falso – O norte, nas últimas décadas, tem recebido grandes correntes migratórias internas, sendo uma região de atração, consequência da expansão da fronteira agrícola e maiores investimentos em infraestrutura.    

    d) Falso – A região Sul do Brasil apresenta equilíbrio no volume de entrada e saída de migrantes.

    e) Verdadeiro – A região Nordeste continua sendo a principal origem de emigrantes, representa, aproximadamente, 30% da população das demais regiões brasileiras. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    A figura representa o processo do êxodo rural. Na primeira parte, demonstra uma família de camponeses realizando a colheita no campo, prejudicada por condições climáticas. Em seguida, mostra essa mesma família recolhendo materiais recicláveis nas ruas de uma cidade.
    Muitas pessoas deixam o campo (ou são expulsas dele) com destino à cidade com o pensamento de que nela irão ter melhores condições de vida. No entanto, em virtude da desqualificação profissional, muitos não conseguem empregos e, consequentemente, acabam tento como única alternativa atividades como catadores de materiais recicláveis, flanelinhas, etc. Esse fato acaba tornando as condições de vida mais difíceis que as no campo.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 6

    a) Falso – O deslocamento da população rural com destino aos centros urbanos é caracterizado como êxodo rural.

    b)
    Falso – Esse é um processo contrário ao êxodo rural, sendo realizado por trabalhadores temporários.

    c) Falso – As migrações pendulares não apresentam nenhuma relação com as atividades pastoris.

    d) Verdadeiro – As migrações pendulares se caracterizam pelo deslocamento diário, por um determinado período, de pessoas de uma cidade com destino a outra para trabalhar. Em alguns casos, onde a maioria da população local trabalha em outras cidades, retornando às suas cidades apenas para dormir, fazem com que suas cidades de origem sejam consideradas “cidades dormitórios”. 

    e) Falso – As migrações pendulares não se caracterizam pela troca de imigrantes entre as grandes regiões.
     

    voltar a questão


  • Resposta Questão 7

    a) Falso – Durante as décadas de 70 e 80, a região Norte passou a receber migrantes, não sendo a principal responsável pela ocupação da fronteira agrícola nos estados referidos.

    b) Falso – Os fluxos migratórios dos nordestinos nas décadas de 70 e 80 tinham como principal destino a região Sudeste, portanto, o Nordeste não forneceu de forma significativa migrantes para essas áreas de fronteira agrícola.

    c) Falso – A região Centro-Oeste passou a receber migrantes na década de 70 e 80, esse fato se deve à expansão da fronteira agrícola na região e aos investimentos em infraestrutura. A região não foi a principal responsável pela ocupação das áreas de fronteira agrícola. 

    d) Verdadeiro – O principal responsável pela ocupação das fronteiras agrícolas no Mato Grosso, Rondônia e Acre, durante os anos 70 e 80, foi a região Sul. Os sulistas desenvolveram nesses estados grandes propriedades de cultivo de soja, além de criação de gado.

    e) Falso – O Sudeste contribuiu para a ocupação dessas áreas de expansão agrícola, no entanto, não foi a região que forneceu o maior contingente populacional para o desenvolvimento agropecuário desses estados.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • terça-feira | 21/05/2013 | aurelia

    adorei as questo~es



Brasil Escola nas Redes Sociais