Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre o Carvão Mineral

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre o Carvão Mineral e veja a resolução comentada.


Por Wagner de Cerqueria e Francisco
  • Questão 1

    Como ocorre o processo de formação do carvão mineral?

    ver resposta


  • Questão 2

    Apesar da descoberta e desenvolvimento de outras fontes energéticas, o carvão mineral continua sendo bastante utilizado como fonte de energia. Qual a principal utilidade do carvão mineral?

    ver resposta


  • Questão 3

    O carvão mineral pode ser encontrado na natureza em quatro formas distintas, variando conforme seu poder, que é resultante da quantidade de carbono no material. Caracterize os quatro diferentes tipos do carvão:

    a) Antracito

    b) Hulha

    c) Linhita

    d) Turfa

    ver resposta


  • Questão 4

    A fonte de energia básica da primeira Revolução Industrial, na Grã-Bretanha, no século XVIII, foi:

    a) Petróleo

    b) Gás natural

    c) Carvão Mineral

    d) Energia Nuclear

    e) Energia Hidrelétrica

    ver resposta


  • Questão 5

    A intensificação do uso de fontes de energia de origem fóssil (carvão mineral, petróleo, gás natural, etc) gera vários problemas ambientais. Aponte os principais problemas gerados pelo carvão mineral.

    ver resposta


  • Questão 6

    (PUC-PR) A industrialização européia teve como base energética o uso do carvão mineral. Até hoje, mesmo com a ampliação do uso de petróleo, da energia hidrelétrica e das usinas nucleares, o carvão permanece como importante fonte energética, principalmente, nos países da Europa Oriental. Ocorre, porém, que a queima do carvão mineral, em grandes quantidades, pode provocar o aumento do volume do óxido de enxofre na atmosfera e, com isso, o fenômeno:

    a) da chuva ácida.

    b) do vento geotrópico.

    c) da rarefação do ar.

    d) desertificação.

    e) da redução da ionosfera.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    Durante o período carbonífero, grande quantidade de vegetação (troncos, raízes, galhos, folhas e árvores) foi soterrada. Ao longo das eras e dos períodos geológicos, esses restos de vegetação foram encoberto por camadas de sedimentos. A pressão exercida pelas camadas superiores durante mais de 300 milhões de anos fez com que os depósitos de vegetais perdessem todo o oxigênio e o nitrogênio, restando grande quantidade de carbono, presente na celulose das plantas. A matéria orgânica formada a partir da decomposição da vegetação formou o carvão mineral.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    O carvão é um combustível fóssil não renovável, ou seja, será extinto na natureza. Seu uso é muito comum para a geração de energia nas usinas termelétricas, em indústrias siderúrgicas, para a produção de aço, e nas indústrias químicas, para fabricar benzina, amoníaco, gás combustível, óleo, anilina, etc.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    a) Foi formado na era Paleozóica, é o mais raro é possui de 90 a 96% de carbono (o maior poder calorífico).   

    b) Também se formou na era Paleozóica, é o mais abundante e mais consumido, com um teor de carbono de 75% a 90%. É o carvão mais abundante e consumido pelas indústrias e utilizado para a geração de energia elétrica.

    c) Se formou na era Mesozóica, apresenta um teor de carbono de 65% a 75%.

    d) Se formou na era Cenozóica, é o tipo de carvão mineral menos calorífico – até 55% de carbono na composição química.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    a) O petróleo foi a fonte energética utilizada na Segunda Revolução Industrial, no século XIX. Sua utilização ocorreu na indústria automobilística.

    b) Esse hidrocarboneto foi utilizado no século XX. Em 1950 apenas 15 países utilizavam essa fonte energética, seu uso se intensificou em 1990.

    c) Verdadeiro – Foi a principal fonte energética utilizada na Primeira Revolução Industrial, que ocorreu no século XVIII. O carvão mineral serviu para movimentar as máquinas a vapor na Grã-Bretanha.  

    d) A fissão nuclear, ou seja, a divisão do átomo de metais pesados, como o urânio e o plutônio para a obtenção de energia, só foi conseguida em 1938.

    e) A utilização da água como fonte de energia é muito antiga, no entanto, essa fonte não foi a principal durante a Primeira Revolução Industrial.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Os impactos ambientais das usinas a carvão são grandes, não só pelas emissões atmosféricas, mas também pelo descarte de resíduos sólidos e poluição térmica. A queima do carvão mineral libera na atmosfera dióxido de carbono (CO2), óxido de nitrogênio (NOx) e dióxido de enxofre (SO2). Esses gases reagem com as águas das chuvas, o resultado é a formação do ácido nítrico (HNO3) e o ácido sulfúrico (H2SO4), que depois se precipitam em forma de chuva ácida.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 6

    a) Verdadeiro – a queima do carvão mineral libera grandes quantidades de dióxido de enxofre (SO2), que em reação com as partículas de água que formam as nuvens tem como resultado o ácido nítrico (HNO3) e o ácido sulfúrico (H2SO4), que depois se precipitam em forma de chuva, neve ou neblina, esse processo caracteriza as chuvas ácidas.

    b) Falso – A queima do carvão mineral e o consequente lançamento de gases poluentes na atmosfera não possuem relação com o vento geotrópico.

    c) Falso – A rarefação do ar não apresenta relação com a emissão de dióxido de enxofre na atmosfera.

    d) Falso – A desertificação é a redução da capacidade produtiva do solo, portanto, é uma das consequências das chuvas ácidas.

    e) Falso – A ionosfera é uma das camadas da atmosfera, localizada entre 60 e 600 quilômetros de altitude. A queima do carvão mineral não provoca a redução da ionosfera.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • segunda-feira | 20/05/2013 | ruth

    muito bom





Brasil Escola nas Redes Sociais