Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre Deriva Continental

A Teoria da Deriva Continental é uma das formas de se explicar a configuração espacial da Terra.


Por Rodolfo F. Alves Pena
  • Questão 1

    Assinale a alternativa que melhor define a Deriva Continental:

    a) é a hipótese de que todos os continentes são derivados de um substrato magmático que emergiu através de fissuras ou falhas geológicas;

    b) é o sistema de classificação dos continentes, conforme as suas respectivas origens;

    c) é a teoria que afirma que todos os continentes, no passado, formavam apenas um, o Pangeia, e que posteriormente se fragmentou graças à tectônica das placas.

    d) é o postulado da economia que debate acerca da dependência financeira dos continentes do mundo em relação à Europa.

    e) É a lenda relacionada à existência de um continente perdido, denominado Atlantis.

    ver resposta


  • Questão 2

    (PUC-PR)

    A composição da Litosfera por placas tectônicas está relacionada ao conceito de tectonismo e com a Teoria de Wegener da deriva continental. Uma das provas desse dinamismo da crosta é a existência:

    a) dos desertos costeiros.

    b) das dorsais oceânicas.

    c) das calotas polares.

    d) da precessão dos equinócios.

    e) da taiga boreal.

    ver resposta


  • Questão 3

    (UFPE)

    A Deriva dos Continentes e a Teoria da Tectônica de Placas são os dois modelos teóricos das geociências que, no século XX, causaram uma revolução dos conceitos relativos, sobretudo, aos processos geológicos internos. Sobre esses assuntos, o que é correto afirmar?

    ( ) A hipótese da Deriva dos Continentes foi elaborada pelo geógrafo Alexander Von Humboldt e se apoiou na teoria do “Caos Continental”, estruturada por Ratzel.

    ( ) A hipótese da Deriva dos Continentes propõe que o posicionamento relativo das massas continentais mudou de forma considerável ao longo do tempo geológico.

    ( ) A teoria da Tectônica de Placas fornece uma explicação geométrica e cinemática de como a expansão do fundo oceânico e a deriva das placas litosféricas ocorrem numa superfície aproximadamente esférica.

    ( ) A velocidade e a taxa de expansão das placas litosféricas variaram ao longo do tempo geológico, demonstrando, assim, que as forças responsáveis pelos movimentos dessas placas também se modificaram.

    ( ) Os aspectos paleoclimáticos que foram apresentados pelo autor da hipótese da Deriva dos Continentes não podem ser empregados como argumentos favoráveis à teoria da Tectônica de Placas.

    ver resposta


  • Questão 4

    Em 1556, o cartógrafo Abraham Ortelius já sugeria que os continentes estiveram, em outra época, interligados em uma só porção continental. Tal suposição, séculos mais tarde, originou a Teoria da Deriva Continental. O que fez o elaborador de mapas chegar a essa conclusão foi:

    a) a forma com que alguns continentes parecem se encaixar (como a costa oeste brasileira com a costa leste da África).

    b) o fato de que as espécies expostas em seus mapas eram as mesmas em diversas regiões do mundo conhecido na época.

    c) o sonho dos cartógrafos de todo mundo colonial em descobrir cada vez mais novas terras.

    d) o fato de as feições dos continentes aparentar que esses passaram por bruscos movimentos causados por deslocamentos repentinos.

    e) pelo fato de, em suas constantes observações, os continentes nunca se encontrarem nas mesmas faixas de latitudes e longitudes.

    ver resposta


  • Questão 5

    Inicialmente, o mundo era um só, existindo apenas um continente denominado Pangeia. Com os passar dos milênios, as ____________________ foram se movimentando, o que proporcionou a fragmentação do gigante continental. Então, dois novos supercontinentes surgiram: a __________________ e a _________________. Mais tarde, as movimentações da crosta continuaram, graças à ação das ____________________, possibilitando a formação dos atuais continentes.

    Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas acima.

    a) Placas Tectônicas, Laurásia, Gondwana, camadas litosféricas.

    b) Formações Rochosas, Laurásia, Gondwana, células de convecção

    c) Placas Tectônicas, Eurásia, Antártida, movimentações pedogênicas.

    d) Formações Rochosas, Eurásia, Hierópolis, movimentações pedogênicas.

    e) Placas Tectônicas, Laurásia, Gondwana, células de convecção.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    A Deriva Continental é uma teoria elaborada por Alfred Wegener que preconizava que todos os continentes atuais encontram-se em constante movimento e que teriam se originado de uma única massa terrestre, denominada Pangeia.

    Letra C.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    A principal evidência da teoria da deriva continental – e que possibilitou a sua comprovação após a Segunda Guerra Mundial – foi a existência das dorsais oceânicas, que são cadeias de montanhas submarinas originadas pela expulsão do magma através de fissuras geológicas, localizadas nos pontos de afastamento entre duas placas tectônicas.

    Letra B.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    (F) – A hipótese da Deriva dos Continentes foi, na verdade, elaborada por Alfred Wegener, e não por Humboldt, bem como não possui relação com a teoria do “Caos Continental”.

    (V) – A deriva dos continentes refere-se justamente à dinâmica das movimentações das massas continentais

    (V) – A teoria da movimentação das Placas Tectônicas busca explicar a dinâmica da crosta no que se refere aos seus movimentos sobre uma superfície esférica, no caso a Terra.

    (V) – Os estudos realizados comprovaram que os movimentos das placas tectônicas nem sempre ocorrem de maneira constante, isto é, manifestando-se sempre em uma mesma velocidade.

    (F) – A teoria da Tectônica de Placas está diretamente associada à Deriva Continental, pois é a movimentação das placas litosféricas que originam os movimentos das massas continentais.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Os cartógrafos antigos, entre os quais Abraham Ortelius se destacou, notavam a forma com que várias partes do mundo pareciam se encaixar como um quebra cabeça, o que os fazia pensar que, de certa forma, o mundo poderia ter sido um só em outros tempos.

    Letra A.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    As Placas Tectônicas movimentaram-se e propiciaram a divisão do Pangeia em Laurásia e Gondwana. Esses movimentos foram causados pelas movimentações cíclicas do magma localizado no manto da Terra, denominadas de células de convecção.

    Letra E.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • quinta-feira | 24/04/2014 | Aderito Ali Abudo

    Foi bom e muito interessante

  • quinta-feira | 27/03/2014 | Maria Elizabet...

    Gostei muito das suas atividades e estou aproveitando-as para enriquecer os meus trabalhos.obrigado pela compreensão e apoio aos colegas de área.





Brasil Escola nas Redes Sociais