Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre a formação de blocos econômicos

Blocos econômicos são acordos comerciais entre os países-membros como estratégia cooperativa de desenvolvimento econômico perante a globalização.


Por Regis Rodrigues de Almeida
  • Questão 1

    Discorra sobre a gênese e a importância da formação dos blocos econômicos.

    ver resposta


  • Questão 2

    Os blocos econômicos possuem distintos níveis de integração econômica e acordos comerciais. Alguns se preocupam em fazer acordos somente comerciais, outros de cunho político-econômico. Sendo assim, cite os níveis de integração dos blocos econômicos e explique-os.

    ver resposta


  • Questão 3

    Marque V (Verdadeiro) ou F (Falso) para as assertivas que seguem:

    (    ) A União Europeia (UE) foi criada no ano de 1991, a partir do Tratado de Maastricht, e implementada em 1993. Reúne, atualmente, 25 países do continente europeu. O seu nível de integração a configura como uma União Política, Econômica e Monetária.

    (    ) O MERCOSUL (Mercado Comum do Sul) surgiu em 1991, agregando quatro países da América do Sul: Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Quando implementado, o seu nível de integração era apenas de uma Zona de Livre Comércio e União Aduaneira. Atualmente, possui statusde Mercado Comum.

    (    ) O NAFTA (Acordo de Livre Comércio da América do Norte) foi criado em 1988 com o objetivo de estreitar os laços políticos econômicos entre EUA, Canadá e México. Assim, o nível de integração desse bloco seria de um Mercado Comum.

    (     ) A APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) configura-se como uma Zona de Livre Comércio, a maior de que se tem notícia. São 20 países-membros, sendo todos do continente asiático e/ou banhados pelo Oceano Pacífico.

    ver resposta


  • Questão 4

    (PUC – RJ) Nos anos 90, os projetos de integração regional e formação de blocos econômicos passam a ser uma realidade. Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai formam, a partir de 1° de janeiro de 1995, uma zona de livre comércio – o Mercosul. Sobre este bloco regional, podemos afirmar:

    I - o Mercosul procura estabelecer políticas comuns que permitam a livre circulação, entre países membros, de bens, capitais, serviços e trabalhadores.

    II - a abertura econômica surgida com o Mercosul determinou uma reestruturação industrial e a adoção de novas estratégias de produção em razão da formação de um novo mercado de mais de 200 milhões de consumidores.

    III - a desvalorização do real em relação ao dólar promoveu uma mudança nos fluxos comerciais entre Brasil e Argentina.

    Está(ão) correta(s):

    (A) apenas a afirmativa I.

    (B) apenas a afirmativa III.

    (C) as afirmativas I e II.

    (D) as afirmativas II e III.

    (E) as afirmativas I, II e III.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    No cenário mundial da globalização, as disputas econômicas entre os países se acirram cada vez mais. Uma das ideias mais populares a respeito da disputa pelo poder econômico mundial que surgiu foi a dos blocos econômicos regionais. Em várias partes do planeta, os países fizeram alianças objetivando seu fortalecimento perante a economia mundial, ou mesmo a intensificação das relações comerciais entre os aliados. Atualmente, existem pouco mais de trinta blocos econômicos regionais, envolvendo países de todas as partes do globo terrestre.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Existem quatro níveis de integração dos blocos econômicos: Zona de Livre Comércio, em que os acordos comerciais estabelecidos objetivam exclusivamente a redução ou a eliminação de taxas alfandegárias nas trocas comerciais entre os países membros; União Aduaneira, que resulta de uma mesma regulamentação para o comércio dos países do bloco com outras nações, adotando, assim, a chamada Tarifa Externa Comum (TEC); Mercado Comum, queengloba a Zona de Livre Comércio e a União Aduaneira, além de permitir a livre circulação de pessoas, mercadorias, capitais e serviços entre os países membros; União Política, Econômica e Monetária, estágio mais avançado de um bloco econômico, no qual as nações adotam a mesma política econômica, além de uma moeda única.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    VERDADEIRO – A União Europeia é o bloco econômico que melhor expressa um projeto de organização e integração regional, englobando todos os níveis de integração: Zona de Livre Comércio, União Aduaneira, Mercado Comum e União Política, Econômica e Monetária. O euro é a moeda adotada por esse bloco.

    VERDADEIRO – Alguns países, como Chile, Bolívia e Peru têm o status de membros associados. Apesar de certas discrepâncias econômicas entre os países-membros, o objetivo desse bloco econômico é a unificação nos moldes da União Europeia.

    FALSO – O NAFTA é uma Zona de Livre Comércio criada somente para facilitar as trocas comerciais entre Estados Unidos e Canadá, porém, um ano depois, o México foi incluído no grupo.

    VERDADEIRO – Esse bloco foi criado somente para facilitar as trocas comerciais entre os países-membros. São eles: Brunei, Indonésia, Japão, Malásia, Filipinas, Cingapura, Coreia do Sul, Tailândia, China, Taiwan, Papua Nova Guiné, Rússia e Vietnã (do continente asiático); Austrália, Canadá, Estados Unidos, México, Chile e Peru (banhados pelo Oceano Pacífico).

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra “E”.Todas as afirmativas estão corretas. A de número 1 é o princípio básico que orientou a criação do bloco econômico. A de número 2 está correta não só pelas necessidades internas do novo bloco econômico, mas também porque a globalização passou a exigir ações econômicas mais eficientes. A de número 3 também está correta porque, após a desvalorização do real, as tensões de fundo econômico entre o Brasil e a Argentina aumentaram.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais