Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre o acento indicador da crase

O acento indicador da crase encontra-se relacionado a particularidades específicas, tornando-se aplicáveis a toda e qualquer situação específica de interlocução.


Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
  • Questão 1

    Acerca do uso ou não da crase, você sabe que ele obedece a critérios específicos, assim como ocorre nas demais ocorrências linguísticas. Sabendo disso, apresente as justificativas sobre o uso ou a ausência dela nos enunciados linguísticos abaixo:

    a –Ela nos olhou cara a cara.
    b – A medicação foi administrada gota a gota.
    c – Não fizemos críticas a ninguém.
    d- Todas as mercadorias da loja estão à venda pela metade do preço.
    e – O espetáculo será exibido das 20h às 23h.
    f – Iremos a Brasília para resolver assuntos de nosso interesse.
    g – Chegamos a conclusões inacreditáveis acerca do fato ocorrido.
    h - Refiro-me à senhorita Raquel.

    ver resposta


  • Questão 2

    (FGV - SP)Leia o texto:

    “O Programa Mulheres está mudando. Novo cenário,novos apresentadores, muito charme, mais informação, moda, comportamento e prestação de serviços. Assista a revista eletrônica feminina que é a referência no gênero na TV”.

    O verbo assistir, empregado em linguagem coloquial, está em desacordo com a norma gramatical.

    a) Reescreva o último período de acordo com a norma.

    b) Justifique a correção.

    ver resposta


  • Questão 3

    UFV-MG)Indique a alternativa em que o sinal indicativo da crase é facultativo.

    a) Voltou à casa do juiz.
    b) Chegou às três horas.
    c) Voltou à minha casa.
    d) Devolveu as provas àquela aluna.
    e) Voltou às pressas.

    ver resposta


  • Questão 4

    Acerca dos enunciados linguísticos que seguem, analise-os tendo em vista o uso ou não da crase, procurando explicar a diferença de sentido que há entre eles:

    a)     # Os cômodos externos da casa foram pintados à máquina.

    # Não quiseram pintar a máquina.

    b)    # Chegamos à tarde.

    # Chegou a tarde rapidamente.

    c)    # Ele permaneceu à distância de cem metros do local do acidente.

    Permanece a distância entre mim e ela.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    a –O uso da crase não foi materializado por se tratar de palavras, de expressões repetidas.

    b –Não foi possível fazer o uso da crase, visto que se trata de palavras repetidas.

    c –Antes de pronomes indefinidos não se faz necessário o uso da crase.

    d –O uso da crase torna-se aplicável antes de locuções adverbiais (à venda).

    e –Quando há a possibilidade de substituirmos pela palavra até, em se tratando da indicação de horas, o uso da crase torna-se necessário.

    f –Em se tratando de topônimos, sobretudo quando há possibilidade de substituição pela expressão “volta de”, o uso da crase será dispensado.

    g –Por se tratar de uma palavra expressa no plural, o uso da crase não foi possível.

    h –O uso da crase, ainda que ligado a um pronome de tratamento, torna-se manifestado diante dos pronomes “senhorita e dona”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    a)“Assista à revista eletrônica feminina que é a referência no gênero na TV”.

    b) Tendo em vista que o uso da crase encontra-se relacionado com os casos de regência verbal, o uso dela se faz necessário em virtude de que o verbo assistir, tomado no sentido de estar presente, presenciar, requer o complemento acompanhado do uso da preposição.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Temos como correta a alternativa demarcada pela letra “C”, visto que em se tratando de pronomes possessivos femininos (minha), o uso da crase é opcional, ou seja, tanto podemos fazer uso dela (Voltou à minha casa), quanto não utilizá-la (Voltou a minha casa).

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    a) Por se tratar de uma locução adverbial, o uso da crase se fez evidente, sendo que isso não ocorreu no segundo caso, justamente por se tratar de um artigo, cuja função se revela apenas por estar acompanhando o substantivo “máquina”.

    b) O uso da crase, atribuído ao primeiro enunciado, deve-se ao fato de se tratar de uma locução adverbial, enquanto que, no segundo, o uso da crase não se manifestou por se tratar de um artigo, o qual acompanha o substantivo “tarde”.

    c) No primeiro enunciado, temos uma locução prepositiva, a qual, necessariamente, requer o uso da crase. No segundo exemplo, temos apenas o artigo “a” acompanhando o substantivo “distância”.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais