Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre a formação do modo imperativo

A formação do modo imperativo se dá por intermédio do presente do modo indicativo e do presente do modo subjuntivo.


Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
  • Questão 1

    Abaixo se encontra demarcada uma letra musical, cuja autoria é da cantora Pitty. Atente-se, pois, a ela e, em seguida, procure responder ao que se pede:

    Admirável Chip Novo

    Pane no sistema, alguém me desconfigurou
    Aonde estão meus olhos de robô?
    Eu não sabia, eu não tinha percebido
    Eu sempre achei que era vivo
    Parafuso e fluído em lugar de articulação

    Até achava que aqui batia um coração
    Nada é orgânico, é tudo programado
    E eu achando que tinha me libertado
    Mas lá vem eles novamente
    E eu sei o que vão fazer:
    Reinstalar o sistema

    Pense, fale, compre, beba
    Leia, vote, não se esqueça
    Use, seja, ouça, diga
    Tenha, morre, gaste e viva

    Pense, fale, compre, beba
    Leia, vote, não se esqueça
    Use, seja, ouça, diga...
    Não senhor, Sim senhor (2x)

    [...]

    Mas lá vêm eles novamente
    E eu sei o que vão fazer:
    Reinstalar o sistema.

    a- Tal criação artística traz em seu refrão algumas formas verbais expressas no imperativo afirmativo. Dessa forma, cite-as.

    b – Como você sabe, toda criação artística, seja ela retratada por meio de poemas, canções musicais, pintura, escultura, enfim, muitas vezes revela a ideologia advinda do próprio emissor, levando em conta o contexto que norteia a sociedade como um todo. Nesse sentido, há uma notável crítica impressa nas palavras da cantora, identifique-a.

    ver resposta


  • Questão 2

    Há um conhecido anúncio publicitário referente a uma instituição financeira, o qual se constitui dos seguintes dizeres: VEM PRA CAIXA VOCÊ TAMBÉM!. Partindo do pressuposto de que somos regidos por um padrão convencional de linguagem, sendo esse manifestado nas situações formais de interlocução, teça um comentário acerca do emprego da forma verbal expressa no modo imperativo, levando em consideração a pessoa gramatical atribuída por ela (por essa forma verbal).

    ver resposta


  • Questão 3

    (Fuvest – SP) Entre as mensagens abaixo, a única que está de acordo com a norma escrita culta é:

    a) Confira as receitas incríveis preparadas para você. Clica aqui!

    b) Mostra que você tem bom coração. Contribua para a campanha do agasalho!

    c) Cura-te a ti mesmo e seja feliz!

    d) Não subestime o consumidor. Venda produtos de boa procedência.

    e) Em caso de acidente, não siga viagem. Pede o apoio de um policial.

    ver resposta


  • Questão 4

    (Unemat - MT)

    Considere as orações:

    “Não faça pré-julgamento dos fatos. Analise-os”. 

    Em que alternativa seus verbos estão corretamente flexionados na 2ª pessoa do singular?

    a – Não faz pré-julgamento dos fatos. Analise-os.

    b - Não faças pré-julgamento dos fatos. Analisa-os.

    c – Não fazes pré-julgamento dos fatos. Analisa-os.

    d – Não façais pré-julgamento dos fatos. Analisai-os.

    e – Não façam pré-julgamento dos fatos. Analisem-nos.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    a- Pense, fale, compre, beba, leia, vote, não se esqueça, use, seja ouça, diga, tenha, morre, gaste e viva.

    b – Ao nos depararmos com a letra musical em questão, lembramo-nos de alguns gêneros textuais cuja finalidade comunicativa é a persuasão, cujo intento é motivar o interlocutor a adotar uma determinada postura. Dessa forma, os verbos expressos no modo imperativo justificam de forma indiscutível tal aspecto. Assim, seguindo essa linha de raciocínio é que reside a “manifestação”, digamos assim, da cantora, haja vista que ela deixa bem claro que somos realmente vítimas, ainda que inconscientes, de um sistema que somente tende a nos dominar por completo, enfatizando, entre outros aspectos, o consumismo.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    O que se evidencia no anúncio publicitário em questão é um aspecto bastante recorrente na linguagem coloquial – o emprego das formas verbais de segunda pessoa do singular do imperativo afirmativo (tu) com o pronome você. Dessa forma, essa “mistura” de tratamentos não é permitida na linguagem formal, pois o discurso, uma vez uniformizado, tornar-se-ia assim manifestado: Venha para a caixa você também.  

    Acerca dessa ocorrência vale ressaltar que o emprego do pronome de tratamento “você” configura o que chamamos de segunda pessoa indireta, pois o uso do pronome de segunda pessoa (tu) é mais difundido em regiões brasileiras específicas, como é o caso da região Sul.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Alternativa correta demarcada pela letra “D”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa correta demarcada pela letra “B”, visto que as formas verbais nela presentes estão de acordo com o padrão formal da linguagem. No que se refere às demais alternativas, façamos uma justificativa acerca daquelas consideras falsas:

    a – A forma “faz” diz respeito à primeira pessoa do singular do imperativo afirmativo, não do negativo.

    c – A forma verbal “fazes” diz respeito ao presente do modo indicativo, bem como a forma “analisa” se encontra adequada à primeira pessoa do singular do imperativo afirmativo, não à segunda.

    d - A forma verbal “façais” diz respeito à segunda pessoa do plural, afirmação essa que prevalece para a forma verbal “analisai”.

    e – Ambas as formas verbais demarcam a terceira pessoa do singular, a terceira do plural.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • segunda-feira | 17/03/2014 | rrrrrrrrrrrrrr...

    muito bom



Brasil Escola nas Redes Sociais