Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre Sinais de Pontuação

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre Sinais de Pontuação e veja a resolução comentada.


Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
  • Questão 1

    Discorra acerca dos sinais de pontuação, tendo em vista as peculiaridades inerentes à oralidade e à escrita.

    ver resposta


  • Questão 2

    (F.E. Bauru) Assinale a alternativa em que há erro de pontuação:

    a – (  ) Era do conhecimento de todos a hora da prova, mas, alguns se atrasaram.
    b – (  ) A hora da prova era do conhecimento de todos; alguns se atrasaram, porém.
    c – (  ) Todos conhecem a hora da prova; não se atrasem, pois.
    d- (  ) Todos conhecem a hora da prova, portanto não se atrasem.    
    e – (  ) N.D.A

    ver resposta


  • Questão 3

    A ausência de uma pontuação adequada implica tão somente na falta de clareza da mensagem. Com base nessa premissa, ressalte sobre a incidência da ambiguidade, exemplificando alguns casos representativos.

    ver resposta


  • Questão 4

    Tendo em vista que o uso da vírgula também se relaciona a fatores de ordem sintática, corroborando assim para uma perfeita estruturação do pensamento, justifique o emprego do referido sinal mediante os enunciados subsequentes:

    a- Parabéns, querido!
    b – Naquela tarde, todos haviam saído.
    c – O Rio de Janeiro, que é considerada a cidade maravilhosa, irá sediar um dos grandes eventos esportivos.  
    d – Viajarei nestas férias, isto é, se houver possibilidade.
    e - Hoje o clima está ameno, pois choveu durante a noite.

    ver resposta


  • Questão 5

    Atenha-se a uma análise da criação artística em evidência, registrando suas impressões a partir da analogia feita entre a temática dominante na época e a intencionalidade discursiva do poeta, sobretudo pelo farto emprego dos sinais de pontuação.

    Canção do exílio facilitada

    lá?
    ah!
    sabiá...
    papá...
    maná...
    sofá...
    sinhá...
     cá?
    bah!
     
    José Paulo Paes

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    Os sinais de pontuação têm por finalidade indicar as pretensões discursivas do anunciador mediante o ato de interlocução. Na escrita, servem para indicar os recursos utilizados pelo emissor (exprimindo sentimentos, afirmando, negando, interrogando), não materializados pelos mesmos recursos manifestados por meio da oralidade, como por exemplo, os gestos, expressões faciais, interrupções e retomadas de pensamento, entre outros aspectos.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Alternativa “A”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    O sentido ambíguo representa um dos elementos que implicam na falta de clareza textual. Muitas vezes, a falta de um sinal de pontuação, sobretudo no que se refere ao uso da vírgula, faz com que a mensagem se torne passível de duplo sentido, tornando-se incoerente, ilógica.

    Para tanto, alguns casos representam tal ocorrência.

    Compramos o quadro do menino =     Compramos, do menino, o quadro.
    Vi o ladrão da janela      =       Vi, da janela, o ladrão.
    Encontrei a cadela da minha tia vagando por aqui =  Encontrei a cadela, que é da minha tia, vagando por aqui. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    O emprego da vírgula manifesta-se de forma adequada, tendo em vista que se trata de:

    a – Um aposto;
    b – Adjunto adverbial de tempo;
    c – Oração subordinada adjetiva explicativa;
    d - Uma expressão corretiva “isto é”;
    e – Oração coordenada explicativa.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    O caráter enfático, ora atribuído aos sinais de pontuação, serve para realçar a intencionalidade discursiva manifestada pelo emissor, uma vez caracterizada pelo tom irônico. José Paulo Paes, integrando a era modernista, sob um tom jocoso, revelou sua indignação ao nacionalismo exagerado, tão presente na concepção de Gonçalves Dias, com sua Canção do Exílio.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais