Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre o verbo haver

O verbo haver, em se tratando dos casos em que se apresenta como impessoal, não é flexionado, permanecendo, portanto, na terceira pessoa do singular.


Por Tales dos Santos Pinto
  • Questão 1

    Exercitando seus conhecimentos acerca dos casos referentes à oração sem sujeito ou sujeito inexistente, sobretudo dizendo respeito ao verbo haver, leia, reflita e registre suas considerações acerca dos enunciados em questão, apontando as diferenças que a eles podem ser atribuídas:

    alunos se preparando para a Olimpíada de Matemática e Física.

    Existem alunos se preparando para a Olimpíada de Matemática e Física.

    ver resposta


  • Questão 2

    (SRF) Assinale a opção em que a conjugação do verbo haver desrespeita a norma culta:

    a) Naquela situação de tensão, os garotos se houveram com muita discrição e elegância.

    b) Todos eles já haviam vivido situações de tensão semelhantes anteriormente.

    c) Eles sabiam que deviam haver punições para os que violassem as regras.

    d) Mesmo assim, os adultos houveram por bem recomendar cautela a todos.

    e) Dessa maneira, não haveria arrependimentos nem lamentos mais tarde.

    ver resposta


  • Questão 3

    Partindo do pressuposto de que o verbo haver também atua como auxiliar, em se tratando dos tempos verbais compostos, analise as orações que seguem e diga se ele se encontra empregado como auxiliar ou como principal:

    a) Todas as pessoas que conviviam com Beatriz sabiam que ela havia dito a verdade.

    b) Muitos hão de perceber a importância que dever ser atribuída à leitura.

    c) Havia falado com você a respeito das novas decisões tomadas daqui em diante.

    d) Havia uma criança abandonada em cada espaço percorrido pelo grupo de apoio.

    e) Parece-me que eles não haviam realizado toda a pesquisa.

    f) Hei de fazer os ajustes necessários até amanhã.

    g) Todas essas questões eu já havia pontuado durante a última reunião que tivemos.

    h) Houve revoltas de toda ordem quando a notícia se espalhou pela comunidade.

    ver resposta


  • Questão 4

    O verbo haver, em se tratando de algumas circunstâncias, apresenta-se como impessoal.  Sabendo disso, procure elucidar suas considerações acerca do que vem a ser “impessoal” e cite exemplos de tal ocorrência.

    ver resposta


  • Questão 5

    UFPI – adaptada

    Partindo da premissa de que o verbo haver, ora indicando o sentido de existir, atua nos casos de oração sem sujeito ou sujeito inexistente, assinale a alternativa que contém a informação correta quanto ao sujeito das orações 1 e 2:

    1 – Existem homens loucos nas ruas.

    2 – Há homens sadios nos hospícios.

    a) oração sem sujeito (1) – indeterminado (2).

    b) oração sem sujeito (1) – homens sadios (2).

    c) homens loucos (1) – homens sadios (2).

    d) homens loucos (1) – oração sem sujeito (2)

    e) indeterminado (1) – oração sem sujeito (2)

    ver resposta


  • Questão 6

    Analise os enunciados a seguir e aponte se o verbo haver  atua como verbo pessoal ou impessoal.

    Os alunos se haverão com o porteiro, caso tentarem burlar as normas de segurança da escola.

    Os atletas houveram-se muito bem durante a partida de hoje.

    Há maneiras de se chegar a um consenso, em se tratando de algumas circunstâncias.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    O primeiro aspecto para o qual devemos atentar diz respeito à conjugação do verbo haver, ora expresso no primeiro enunciado. Dessa forma, analisando-o criteriosamente, inferimos que ele se demarca na terceira pessoa do singular, tornando-se não flexionado, o que o faz se conceber como um verbo impessoal. Tal ocorrência se aplica pela possibilidade de ele (o verbo haver) ser substituído pelo verbo existir. Assim, nessa substituição, algo nos chama a atenção para o fato de que a concordância deve ser estabelecida, dessa forma: Existem alunos se preparando para a Olimpíada de Matemática e Física.

    Por isso, relatando a consideração que se atribui ao segundo enunciado, tem-se que a flexão se materializou em decorrência de não mais se tratar de uma oração sem sujeito, mas sim de um sujeito simples. Dessa forma, temos que:

    Alunos se preparando para a Olimpíada de Matemática – Sujeito da oração

    Existem – Predicado

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Tendo em vista os pressupostos demarcados no enunciado da questão, podemos afirmar que a alternativa que melhor se adéqua a eles é aquela representada pela letra “C”, visto que, em se tratando do verbo haver no sentido de existir, o adequado é deixá-lo na terceira pessoa do singular, ou seja: eles sabiam que devia haver punições para os que violassem as regras (devia existir punições...). Acerca de tais elucidações, torna-se essencial levarmos em conta que mesmo acompanhado de um verbo auxiliar, como ocorreu no caso em questão, ambas as formas permanecem inalteradas, visto que esse auxiliar também assume a posição de impessoal, tal qual o verbo haver. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    a) Todas as pessoas que conviviam com Beatriz sabiam que ela havia dito a verdade.
    Verbo auxiliar.

    b) Muitos hão de perceber a importância que dever ser atribuída à leitura.
    Verbo auxiliar.

    c) Havia falado com você a respeito das novas decisões tomadas daqui em diante.
    Verbo auxiliar.

    d) Havia uma criança abandonada em cada espaço percorrido pelo grupo de apoio.
    Verbo principal

    e) Parece-me que eles não haviam realizado toda a pesquisa.

    Verbo auxiliar

    f) Hei de fazer os ajustes necessários até amanhã.

    Verbo auxiliar

    g) Todas essas questões eu já havia pontuado durante a última reunião que tivemos.

    Verbo auxiliar

    h) Houve revoltas de toda ordem quando a notícia se espalhou pela comunidade.

    Verbo principal

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Respondendo a essa questão, tem-se que aqueles verbos que se caracterizam como impessoais trazem consigo o fato de não apresentarem sujeito, bem como o fato de sempre se encontrarem demarcados na terceira pessoa do singular. Assim, em se tratando do verbo haver, alvo de nossa discussão, ele se demarca sob esses critérios nas seguintes situações:

    * Indicando sentido de existir:

    Há mais meninos que meninas na sala de aula. (Existem mais meninos que meninas...)

    * Indicando tempo decorrido, passado:

    Há dois anos que não a vejo. (dois anos já se passaram)

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Temos que a alternativa que melhor condiz com os pressupostos do enunciado diz respeito à letra “D”, visto que o verbo haver, empregado no sentido de existir, configura um tipo de oração sem sujeito. No caso do verbo existir, que deve estabelecer a concordância, o sujeito se apresenta demarcado por “homens loucos”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 6

    Em se tratando dos enunciados, primeiro e segundo, infere-se que o verbo haver se encontra flexionado, ou seja, estabelecendo a concordância necessária com o sujeito, em decorrência de atuar como um verbo pessoal. Já no que diz respeito ao terceiro deles, notamos que o mesmo não ocorre, visto que se trata de um verbo impessoal, indicando o sentido de existir, portanto. Nesse caso, ele necessariamente deve permanecer na terceira pessoa do singular.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais