Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre o vocábulo que: conjunção integrante e pronome relativo

O vocábulo “que” pode atuar ora como conjunção integrante, ora como pronome relativo.


Por Vânia Maria do Nascimento Duarte
  • Questão 1

    Analisando os enunciados que seguem, explique a diferença de funções demarcadas por meio do vocábulo “que”:

    a ─ Desejamos que você seja feliz.
    b – Chegaram os alunos que participaram das competições.

    ver resposta


  • Questão 2

    (TJ-SP) Assinale o item que classifica a oração subordinada destacada:

    “Outros estudos mostraram que o suco de frutas cítricas ajuda a reduzir o colesterol em até 70%”.

    a) subordinada adverbial causal
    b) subordinada substantiva objetiva direta
    c) subordinada substantiva subjetiva
    d) subordinada substantiva predicativa
    e) coordenada sindética explicativa

    ver resposta


  • Questão 3

    (SRF)“Eis que eu era, um homem sem critérios que gostava de experimenta um maior contato com a vida”. (Márcio Souza)

    QUE, em “... que gostava....”, exerce a função sintática de:

    a) objeto direto
    b) sujeito
    c) objeto indireto
    d) predicativo
    e) complemento nominal

    ver resposta


  • Questão 4

    Explicite as diferenças que demarcam o vocábulo “que”, uma vez que ora ele pode atuar como pronome relativo, ora como conjunção integrante.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    a – Inferimos que, no enunciado primeiro, o vocábulo “que” atua como conjunção integrante, uma vez que inicia uma oração subordinada substantiva objetiva direta, representando, assim, o complemento verbal, expresso pelo objeto direto, do verbo da primeira oração.

    b – Constatamos que, no enunciado segundo, o vocábulo “que” se classifica como pronome relativo, visto que pode ser substituído pelo pronome “os quais” e também pelo fato de introduzir uma oração subordinada adjetiva restritiva.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    a) Alternativa incorreta, pois a oração em destaque não indica a causa expressa na oração principal.
    b) Alternativa correta, visto que a oração em destaque representa o objeto direto do verbo da oração principal (mostraram).
    c) Alternativa incorreta, haja vista que a oração em negrito não exerce a função de sujeito da oração principal.
    d) Alternativa incorreta, visto que a oração em evidência não atua como predicativo do sujeito da oração principal.
    e) Alternativa incorreta, pois se trata de um período composto por subordinação e não por coordenação.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    a) Alternativa inadequada, pois o termo em questão não completa o sentido de um verbo da oração principal.
    b) Alternativa correta, pois o termo em questão representa o sujeito da oração principal.
    c) Alternativa incorreta, haja vista que o termo em destaque não completa o sentido do verbo da oração principal.
    d) Alternativa incorreta, pois o termo em evidência não completa o sentido do predicativo do sujeito da oração principal.  
    e) Alternativa incorreta, pois o termo em destaque não completa o sentido do nome expresso pela oração principal.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Ainda que se trate de um mesmo vocábulo, dependendo do contexto oracional, o “que” pode exercer funções distintas, dentre elas a de pronome relativo, integrando uma oração subordinada adjetiva restritiva e podendo ser substituído pelo pronome o qual e derivados; assim como pode atuar como conjunção integrante, iniciando orações subordinadas substantivas.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais