Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre a Colonização no Brasil

Questões referentes às outras atividades econômicas desenvolvidas no período colonial.


Por Rainer Gonçalves Sousa
  • Questão 1

    (UEL-PR) No Brasil colônia, a pecuária teve um papel decisivo na

    a) ocupação das áreas litorâneas.

    b) expulsão do assalariado do campo.

    c) formação e exploração dos minifúndios.

    d) fixação do escravo na agricultura.

    e) expansão para o interior.

    ver resposta


  • Questão 2

    (UEL-PR) "Como não se tratava de regiões aptas para a produção de gêneros tropicais de grande valor comercial, como o açúcar ou outros, foi-se obrigado para conseguir povoadores (...) a recorrer às camadas pobres ou médias da população portuguesa e conceder grandes vantagens aos colonos que aceitavam irem-se estabelecer lá. O custo do transporte será fornecido pelo Estado, a instalação dos colonos é cercada de toda a sorte de providências destinadas a facilitar e garantir a subsistência dos povoadores; as terras a serem ocupadas são previamente demarcadas em pequenas parcelas, (...) fornecem-se gratuitamente ou a longo prazo auxílios vários (instrumentos de trabalho, sementes, animais, etc)".

    (Prado Júnior, C. História econômica do Brasil. 27 ed. S. Paulo: Brasiliense, 1982. p. 95-6)

    Com base no texto, é possível afirmar que o autor se refere:

    a) à colonização do sertão nordestino através da pecuária.

    b) à ocupação da Amazônia através das drogas do sertão.

    c) à expansão para o interior paulista pelas entradas e bandeiras.

    d) à colonização do Sul através da pecuária.

    e) ao povoamento das Capitanias Hereditárias.

    ver resposta


  • Questão 3

    (Cesgranrio-RJ) A ocupação do território brasileiro, restrita, no século XVI, ao litoral e associada à lavoura de produtos tropicais, estendeu-se ao interior durante os séculos XVII e XVIII, ligada à exploração de novas atividades econômicas e aos interesses políticos de Portugal em definir as fronteiras da colônia.

    As afirmações abaixo relacionam as regiões ocupadas a partir do século XVII e suas atividades dominantes.

    1) No vale amazônico, o extrativismo vegetal – as drogas do sertão – e a captura de índios atraíram os colonizadores.

    2) A ocupação do Pampa gaúcho não teve nenhum interesse econômico, estando ligada aos conflitos luso-espanhóis na Europa.

    3) O planalto central, nas áreas correspondentes aos atuais estados de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, foi um dos principais alvos do bandeirismo, e sua ocupação está ligada à mineração.

    4) A zona missioneira no Sul do Brasil representava um obstáculo tanto aos colonos, interessados na escravização dos indígenas, quanto a Portugal, dificultando a demarcação das fronteiras.

    5) O Sertão nordestino, primeira área interior ocupada no processo de colonização, foi um prolongamento da lavoura canavieira, fornecendo novas terras e mão de obra para a expansão da lavoura.

    As afirmações corretas são:

    a) somente 1, 2 e 4.
    b) somente 1, 2 e 5.
    c) somente 1, 3 e 4.
    d) somente 2, 3 e 4.
    e) somente 2, 3 e 5.

    ver resposta


  • Questão 4

    (Fuvest-SP) Os fatores que levaram ao desenvolvimento e à ampliação das atividades econômicas periféricas da colônia, tais como, a pecuária, o tabaco, as drogas do sertão e mesmo o pau-brasil, em detrimento da lavoura de cana-de-açúcar, após a expulsão dos holandeses, em 1654, foram:

    a) a criação de um mercado interno fomentado pelo descobrimento das minas de ouro no final do século XVI e sua ampliação para as cidades litorâneas da colônia.

    b) a inversão significativa da utilização da mão de obra escrava pela mão de obra livre na região das minas, criando, assim, um mercado consumidor expressivo.

    c) estagnação econômica do Centro-Oeste, em função do renascimento agrícola no Nordeste, ao longo do século XVII.

    d) o acompanhamento destas atividades, primeiro como complemento da atividade açucareira e, posteriormente, como núcleos abastecedores da atividade mineradora e seus desdobramentos.

    e) todas as alternativas anteriores estão corretas.

    ver resposta


  • Questão 5

    (UFSE) O texto abaixo refere-se à atividade pecuarista no Brasil Colônia: O gado podia penetrar o Sertão. Não tinha o problema seríssimo do transporte, porque transportava a si mesmo. A mão de obra exigida era pouca. Sem a complexidade da agricultura, principalmente da canavieira, tinha na amplitude do sertão o caminho de sua expansão, acompanhando os rios rumo ao interior.
    Assinale a única alternativa não contida no texto.

    a) A criação do gado era pouco exigente com respeito à mão de obra.

    b) A agricultura açucareira era  atividade mais complexa do que a criação de gado.

    c) A penetração do gado no Sertão não envolvia custos no transporte.

    d) A pecuária não tinha maior produtividade do que as atividades agrícolas.

    e) O Sertão apresentou-se como caminho adequado para a expansão e criação do gado.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    Letra E. Não tendo um controle específico na criação de gado, a pecuária colonial permitiu que outras áreas do interior fossem economicamente exploradas e alvo de ocupação humana. Além disso, devemos salientar que o uso exclusivo das terras litorâneas para a economia açucareira também foi outro fator de peso para que a pecuária acabasse se atrelando ao processo de interiorização experimentado na época

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra D. Contemplando as informações do texto, temos o desenvolvimento de um processo de ocupação do território colonial que se desenvolveu à margem dos ditames que organizavam os grandes empreendimentos da colonização portuguesa no Brasil. Utilizando-se da pecuária como exemplo, o texto aborda o processo de interiorização relacionado ao desenvolvimento de outras atividades econômicas que, em muitos casos, se ampliou graças às necessidades do mercado interno.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra C. Analisando cada uma das alternativas disponíveis, vemos que outras atividades econômicas se desenvolveram na medida em que a ocupação do território se desdobrava. No caso dessa questão, vemos o correto destaque dado às atividades extrativistas na região Norte do país; à ocupação das regiões de Minas e Centro-Oeste (Goiás e Mato Grosso) ligada à exploração aurífera; e aos entraves que marcaram a ocupação do Sul na medida em que os missionários combatiam a escravização dos nativos.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra D. Observando o desenvolvimento das chamadas atividades periféricas ou complementares, notamos que a sua sustentação se deu em função da paulatina formação de um mercado consumidor interno interessado na compra e obtenção desses produtos. Sem dúvida, tais atividades inicialmente não foram acompanhadas de perto pela administração colonial, para só depois ocuparem o posto de sólido pilar na organização da economia brasileira.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Letra D. O texto oferecido não visa empreender uma comparação entre a atividade agrícola e a pecuária no período colonial. Antes disso, ele faz uma rica abordagem que nos revela o alto grau de mobilidade que a criação de gado tinha se contraposto ao complexo aparato exigido pela lavoura canavieira. Dessa forma,  revela-nos a dinâmica das atividades econômicas realizadas no período.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • terça-feira | 21/02/2012 | José Almir de ...

    Ótimo e bastante explicativo convencionalmente.

  • quarta-feira | 30/11/2011 | PLANEJANDO O E...

    O NOVO BRASIL ESCOLA POSSIBILITA UM QUANTIDADE DE EXERCÍCIOS, ÓTIMOS SUBSÍDIOS PARA O ESTUDARIA.





Brasil Escola nas Redes Sociais