Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre Economia Mineradora (E.M.)

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre Economia Mineradora e veja a resolução comentada.


Por Rainer Gonçalves Sousa
  • Questão 1

    (Fuvest-SP)

    Na segunda metade do século XVII, Portugal encontrava-se em grave crise econômica.

    a) Explique o motivo dessa crise.

    b) De que forma o Brasil contribui para solucioná-la?

     

    ver resposta


  • Questão 2

    (Mackenzie-SP)

    Duas atividades econômicas destacaram-se durante o período colonial brasileiro: a açucareira e a mineração. Com relação a essas atividades econômicas, é correto afirmar que:

    a) na atividade açucareira, prevaleciam o latifúndio e a ruralização, a mineração favorecia a urbanização e a expansão do mercado interno.

    b) o trabalho escravo era predominante na atividade açucareira e o assalariado na mineradora.

    c) o ouro do Brasil foi para a Holanda e os lucros do açúcar serviram para a acumulação de capitais ingleses.

    d) geraram movimentos nativistas como a Guerra dos Emboabas e a Revolução Farroupilha.

    e) favoreceram o abastecimento de gêneros de primeira necessidade para os colonos e o desenvolvimento de uma economia independente da metrópole.

    ver resposta


  • Questão 3

    (UFV-MG)

    "O ouro brasileiro deixou buracos no Brasil, templos em Portugal e fábricas na Inglaterra." (Eduardo Galeano)

    Explique de que forma os fatos contidos na frase anterior estão relacionados historicamente.
     

    ver resposta


  • Questão 4

    (UFCE)

    Leia o trecho abaixo.

    "Na mineração, como de resto em qualquer atividade primordial da colônia, a força de trabalho era basicamente escrava, havendo entretanto os interstícios ocupados pelo trabalho livre ou semilivre."  (Souza, Laura de M. Desclassificados do Ouro: pobreza mineira no século XVIII. 3 ed. Rio de Janeiro: Graal, 1990, p.68)

    Com base neste trecho sobre o trabalho livre praticado nas áreas mineradoras do Brasil Colônia, é correto afirmar que:

    a) devido à abundância de escravos no período do apogeu da mineração, os homens livres conseguiam viver exclusivamente do comércio de ouro.

    b) em função da riqueza geral proporcionada pelo ouro, os homens livres dedicavam-se à agricultura comercial, vivendo com relativo conforto nas fazendas.

    c) perseguidos pela Igreja e pela Coroa, os homens livres procuravam sobreviver às custas da mendicância e da caridade pública.

    d) sem condições de competir com as grandes empresas mineradoras, os homens livres dedicavam-se à "faiscagem" e à agricultura de subsistência.

    e) em função de sua educação, os homens livres conseguiam trabalho especializado nas grandes empresas mineradoras, obtendo confortáveis condições de vida.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    a) Nesse período, os portugueses acabam de sair da União Ibérica (1580 - 1640), período da história política do país em que Portugal havia perdido parte de suas colônias na África e havia gastado recursos no conflito que devolveu o trono do país aos portugueses. Além disso, a produção açucareira no Brasil vivia uma séria crise originada pela concorrência imposta pelo açúcar produzido pelos holandeses na região das Antilhas.

    b) Para superar esse momento de crise, os portugueses ampliaram os mecanismos de fiscalização na colônia e determinaram a criação de novos impostos que pudessem ampliar a arrecadação da Coroa em terras brasileiras. Nesse mesmo tempo, várias expedições oficiais foram realizadas com o objetivo de se encontrar metais e pedras preciosas no interior do território. De fato, nos fins do século XVII, essas ações oficiais somadas à ação dos bandeirantes promoveram a descoberta de metais e pedras preciosas pelo interior do país.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra A. Na condição de atividade agroexportadora, o açúcar incentivou a formação de várias propriedades ao longo do litoral voltadas à fabricação desse mesmo produto. Não tendo relações mais próximas a economia local, a economia açucareira não veio a propagar um processo de dinamização da economia da colônia. Por outro lado, a mineração estabeleceu a constituição de vários centros urbanos que ampliaram os espaços de ocupação humana pelo território brasileiro. Ao mesmo tempo, essa mesma atividade foi de suma importância para a dinamização da economia interna, onde observamos o abastecimento de produtos e alimentos feito por outras regiões do espaço colonial aos focos de atividade mineradora.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Sendo dependente dos produtos fabricados na Inglaterra, Portugal utilizou uma quantidade significativa de seus recursos financeiros na obtenção de produtos manufaturados de procedência britânica. Ao mesmo tempo, na medida em que gastou de forma perdulária (principalmente com a construção de igrejas e palácios) as riquezas provenientes do Brasil, Portugal intensificou a exploração das minas brasileiras, que de tão exploradas deixaram como vestígio apenas seus buracos.   

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra D. Ao contrário do que muitos podem imaginar, a economia mineradora não promoveu farta distribuição de riquezas aos homens livres da colônia. Sendo apenas uma pequena elite autorizada a promover a exploração do ouro, notamos que uma vasta população de não escravos tentava a vida realizando a exploração esporádica e aleatória de ouro ou buscavam a prática da agricultura de subsistência como meio de vida.  

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • sábado | 13/04/2013 | Lucas campos

    ótimos exercícios , parabéns ;)





Brasil Escola nas Redes Sociais