Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre Período Republicano Romano

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre o Período Republicano Romano e veja a resolução comentada.


Por Rainer Gonçalves Sousa
  • Questão 1

    Explique de que modo a monarquia foi extinta em Roma e qual a participação que os patrícios tiveram nesse processo. 

    ver resposta


  • Questão 2

    Em que medida a República Romana possuía características de natureza aristocrática, monárquica e democrática?

    ver resposta


  • Questão 3

    Por qual motivo podemos afirmar que a República se destaca como momento de formação do Império Romano?

    ver resposta


  • Questão 4

    De que modo a ascensão dos generais se transformou em uma ameaça ao regime republicano?

    ver resposta


  • Questão 5

    (UFTPR)

    Sobre a crise da República e o surgimento do Império Romano, é correto afirmar que:

    a) foi ocasionada pelo êxodo rural e pelas crises de abastecimento, que geraram conflitos civis e constantes convocações de ditadores, generais e triunviratos.

    b) foi ocasionada por causa do descontentamento dos plebeus frente ao monopólio da política nas mãos das elites patrícias, e, frente a isso, os plebeus passaram a reivindicar seus direitos, recusando-se a fazer parte do exército.

    c) foi ocasionada por causa da expansão territorial romana para fora da península Itálica. A conquista da supremacia no mar Mediterrâneo despertou a hostilidade dos cartagineses, que acabaram contribuindo para a instabilidade da República.

    d) foi ocasionada em função da revolta liderada pelo gladiador Espártaco, que organizou uma rebelião escrava com a finalidade de tornar-se imperador.

    e) foi ocasionada por causa do colapso do sistema escravista, causado pelo fim das guerras de conquistas e a perda da principal fonte de mão de obra: os prisioneiros escravizados.
     

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    A monarquia foi extinta pela ação dos patrícios, que começaram a se demonstrar descontentes com um tipo de governo em que uma única figura tinha amplos poderes. Desse modo, visando superar tal problema, decidiram distribuir as atribuições políticas entre vários cargos conhecidos como magistraturas. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    O regime republicano desenvolvido em Roma concentrou tais características por meio de várias transformações e permanências que marcam tal período. Ao avaliar a ampla participação dos patrícios no Senado e nas magistraturas percebemos o tom aristocrático do regime. Além disso, o cargo de cônsul revelava uma noção monárquica ao determinar o poder de decisão militar e o direito de convocação do Senado. Por fim, a democracia também pode ser vista nesse regime quando nos referimos à existência das assembleias e a ampliação de direitos que se deu junto aos plebeus, que compunham grande parte da população.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Tal afirmação pode ser apoiada na medida em que a República é justamente o período em que o exército romano passou a ganhar uma organização capaz de realizar a conquista de diferentes territórios. Ao mesmo tempo, vemos que nessa mesma época a economia romana cresceu com a exploração das terras conquistadas, a articulação do comércio em diferentes regiões e a exploração do trabalho escravo.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Na medida em que asseguravam as vitórias militares romanas, os generais ganhavam grande prestígio e, de tal modo, não tinham dificuldades em vencer as eleições para as magistraturas. Com o fortalecimento de sua imagem política, esses generais tinham poder de mando e decisão que poderiam facilmente superar as regras e limites impostos pela República. Não por acaso, o fim desse período é marcado pela disputa de poder entre os generais que desejavam controlar o governo na condição de imperador.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Letra A. A concentração de terras ocasionada nesse período fez com que muitos pequenos e médios proprietários perdessem suas terras e passassem a viver nos centros urbanos de Roma. Em algumas situações, o Estado se via forçado a realizar a distribuição de alimentos a uma população impedida de buscar o próprio sustento pela falta de terras disponíveis para o uso. Com o tempo, essa situação favoreceu o desenvolvimento de revoltas que abriram caminho para o fortalecimento político pessoal de alguns generais romanos. 

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais