Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre o Reino dos Francos

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre o Reino dos Francos e veja a resolução comentada.


Por Rainer Gonçalves Sousa
  • Questão 1

    (FAAP)

    Entre os principais povos bárbaros que invadiram o Império Romano, podemos citar:

    a)os visigodos

    b) os vândalos

    c) os ostrogodos

    d) os francos

    e) todas as anteriores
     

    ver resposta


  • Questão 2

    (PUCC) O declínio da Dinastia dos Merovíngios no Reino Franco permitiu o aparecimento de um novo chefe político de fato, a saber:

    a)o tesoureiro

    b) o missi dominici

    c) o condestável

    d) o major domus

    e) n.d.a.
     

    ver resposta


  • Questão 3

    (PUC)

    A conversão e batismo de Clóvis, após a Batalha de Tolbiac,  explicam-se principalmente:

    a) pela insistência do papa Gregório Magno

    b) pela insistência de sua mulher Clotilde

    c) pelo fato de que a maior parte da população da Gália era cristã

    d) pela insistência dos bispos da Gália

    e) n.d.a.
     

    ver resposta


  • Questão 4

    (UNIP)

    A importância da Batalha de Poitiers, em 732, no contexto da história da Europa, justifica-se em  função de que:

    a) com essa vitória, Carlos Martel tornou-se imperador dos francos

    b) a partir daí teve início a Guerra de Reconquista na Península Ibérica

    c) esse evento assinalou o limite da expansão cristã no Mediterrâneo

    d) os cristãos foram derrotados pelos árabes, consolidando-se o feudalismo europeu

    e) a derrota árabe frente ao Reino Franco impediu a islamização do Ocidente
     

    ver resposta


  • Questão 5

    (MED. SANTOS)

    Luís, o Piedoso, sucessor de Carlos Magno, manteve o Império unido. Com sua morte, começou a crise política, caracterizada de um lado pelas invasões normandas e de outro:

    a) pela divisão do Império em três reinos, através do Tratado de Verdun

    b) pela manutenção da unidade do Império, através do Tratado de Cateau-Cambrésis

    c) pela disputa entre seus sucessores, que acabaram mantendo a unidade do Império através do Tratado de Verdun

    d) pela divisão do Império, através do Tratado de Cateau-Cambrésis

    e) n.d.a.
     

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    Letra E. Todos os povos citados tiveram grande contribuição no processo de desarticulação do Império Romano do Ocidente. A partir da entrada dos bárbaros nesse território, observamos o desenrolar de várias transformações políticas, culturais e econômicas que marcaram a passagem da Antiguidade para a Idade Média. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra D. O declínio dos merovíngios esteve marcado pela negligência político-administrativa dos chamados “reis indolentes”. Paulatinamente, esses monarcas permitiram que a autoridade política de major domus crescesse ao ponto de possibilitar a queda da dinastia merovíngia e a consequente ascensão da dinastia carolíngia.  

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra B. Segundo a lenda que explica a conversão de Clóvis ao cristianismo, ele teria invocado o deus de sua mulher cristã para vencer a batalha que determinou a conquista de toda a Gália. A partir desse evento, esse monarca estabeleceu a organização de seu Estado, inaugurando a chamada dinastia merovíngia. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra E. A vitória de Carlos Martel na Batalha de Poitiers foi de suma importância para que os muçulmanos não avançassem pela Europa Ocidental. Além disso, essa mesma vitória foi de grande importância para que a Igreja apoiasse a ascensão da dinastia carolíngia no Reino dos Francos. Mais uma vez, a união entre Estado e Igreja foi de fundamental importância para a história deste importante reino bárbaro.      

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Letra A. Após a morte de Luís, o Piedoso, a herança do trono cabia ao seu filho mais velho, Lotário. Contudo, buscando apoio nas antigas tradições germânicas, os outros dois filhos mais novos do falecido monarca decidiram disputar o reino com o mais velho. Ao fim, essa disputa só foi  resolvida com a assinatura do Tratado de Verdun (843), que determinava a divisão do antigo reino em França Oriental, Ocidental e Central.  

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas




Brasil Escola nas Redes Sociais