Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Exercícios sobre a Revolução Inglesa

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre a Revolução Inglesa e veja a resolução comentada.


Por Rainer Gonçalves Sousa
  • Questão 1

    Explique as condições históricas que favoreceram o desenvolvimento da Revolução Inglesa, no século XVII.

    ver resposta


  • Questão 2

    (Unicamp)

    A Revolução Gloriosa selou um compromisso entre a burguesia e a nobreza proprietária de terras, fortaleceu o Parlamento, e criou condições favoráveis aos desenvolvimento econômico inglês e à instauração do capitalismo industrial na Inglaterra. Com base em tal afirmação, explique de que forma a Revolução Inglesa contribuiu para fazer da Inglaterra uma das maiores potências econômicas do período.

    ver resposta


  • Questão 3

    Explique em que medida a Revolução Puritana transformou a posição política assumida pela monarquia britânica a partir da assinatura da Bill of Rights.

    ver resposta


  • Questão 4

    (UFRGS)

    O “Bill of Rights” (Declaração de Direitos) resultou de um processo histórico que apresentou importantes desdobramentos políticos na Inglaterra do século XVII e que se caracterizou:

    a) pelo conflito político-militar que opôs a burguesia manufatureira à nobreza de cercamentos

    b) pela consolidação de uma república social que estendeu aos “niveladores” e “cavadores” os privilégios da aristocracia proprietária.

    c) pelo confronto entre o absolutismo da dinastia Stuart e as ideias do Parlamento, concluído com a execução de Henrique VIII.

    d) pela aproximação econômica entre a burguesia comercial-manufatureira e a nobreza dos cercamentos configurada na Revolução Gloriosa.

    e) pelo avanço dos setores católicos na economia industrial, em detrimento dos puritanos, mantenedores da ordem feudal.

    ver resposta




Respostas


  • Resposta Questão 1

    Deslocando-nos entre os séculos XV e XVI, observamos que a burguesia foi sistematicamente beneficiada pelas ações políticas empreendidas pela dinastia Tudor. Tal associação estabeleceu o claro desenvolvimento do comércio e do mercantilismo na Inglaterra. Tal situação mudou drasticamente quando a dinastia Stuart assumiu o poder visando fortalecer a autoridade real e ampliando a cobrança de impostos sobre as atividades comerciais. Dessa forma, a burguesia entrou em choque com o governo desenvolvendo as tensões que culminaram na Revolução Inglesa.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    A limitação da autoridade real imposta pela revolução fez com que o Parlamento, dominando por representantes da burguesia, tivesse poder sob as mais importantes questões do país. Dessa forma, foram incorporadas medidas que progressivamente desenvolveram as atividades mercantis e ofereceram o acúmulo de capitais para que a Inglaterra assumisse posição pioneira no desenvolvimento das tecnologias e práticas que marcaram a Revolução Industrial.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    A partir da assinatura desse documento, a monarquia absolutista perdia seu lugar no cenário político britânico. O rei não poderia anular as leis que fossem aprovadas pelo Parlamento e diversas ações administrativas também deveriam passar pelo crivo dessa mesma instituição. Sendo assim, o monarca assumia uma função decorativa ao estar subordinado às ações do Parlamento.  

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    LETRA D. Vinculada às transformações econômicas que aconteciam no país, a Revolução Gloriosa atendeu claramente aos interesses da burguesia comercial e da nobreza de cercamentos. Isso porque tais nobres utilizavam as suas propriedades para fornecerem lã aos comerciantes envolvidos na expansão da próspera indústria têxtil britânica. Com isso, na medida em que a revolução atendia as necessidades econômicas da burguesia, a nobreza de cercamentos também era favorecida com a natural expansão de seus negócios.

    voltar a questão


Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • sábado | 30/03/2013 | isadora

    otm continuem assim.....

  • terça-feira | 01/07/2014 | julia
    0 0

    parabens





Brasil Escola nas Redes Sociais